Não deixe um balcão entre si e os seus filhos 0000-00-00

Os filhos são o mais importante. Importa estabelecer regras para que eles cresçam em harmonia, paz e amor. Por isso se diz que o critério fundamental nas responsabilidades parentais é o ´superior interesse do menor´. Para nós essa expressão é dotada de um crucial significado.

As regras sobre as responsabilidades parentais são fixadas num documento que é uma espécie de contrato. Importa que seja realmente minucioso, para evitar aborrecimentos futuros. Tem de dar toda a atenção às suas cláusulas. Ele é verdadeiramente essencial e irá perdurar até que as crianças atinjam a maioridade. Por vezes, uma vírgula evita enormes dores de cabeça. Tem de se debruçar seriamente sobre o assunto e ter a ajuda de verdadeiros profissionais. Isto independentemente de as responsabilidades parentais serem tratadas dentro ou fora dos tribunais. Importa perder algum tempo com isto para evitar perder muito tempo depois...

Se optar por tratar este assunto diretamente numa Conservatória do Registo Civil ou no Tribunal perderá muito tempo nas longas filas de espera. Terá de lá ir várias vezes. Irá expor as suas questões, tão pessoais, ao balcão. Depois, as informações prestadas serão genéricas. E a interpretação que delas retirará até lhe pode ser prejudicial e gravemente irreversivel, inadequada para o interesse das crianças. E conterá omissões muito relevantes. Depois, terá de fazer e refazer o documento que lhe pediram para elaborar. Mas, o mais grave: irão falar-lhe de assuntos que não compreende e que têm consequências extremas para o futuro dos seus filhos. A completar o cenário, poderá ter o azar de escolher uma Conservatória que demore eternidades a tratar dos seus papéis...

Responsabilidades Parentais é um serviço de consulta e de assessoria jurídicas prestado por advogados que trabalham preferencialmente em direito da família. É o adequado para quem viveu em união de facto, para quem se encontra ainda casado mas já separado de facto e não consegue ultrapassar a questão das crianças, para quem pretende divorciar-se e procura ultrapassar a sua maior dificuldade para obter o divórcio que é a regulação dos menores.

Aderindo a este serviço passa a ter o apoio de advogados com uma enorme experiência em direito da família. Nós tratamos de toda a papelada. Acompanhamos todo o processo, até ao seu termo, quer ele se desenvolva na Conservatória ou no Tribunal. Tudo por um valor muito, mas muito em conta.

< voltar